terça-feira, 10 de março de 2015

RITUAL DE PODARKA


Atendendo aos pedidos, venho trazer um dos ritos de cura que já ajudou muita gente por ai, inclusive o sobrinho da dona Cida que trabalhou comigo, que ficou internado na UTI após um terrível acidente de moto. Hoje ele está bem e sem nenhuma marca no corpo.

A fé move montanhas. A magia atravessa oceanos e até mesmo o espaço sideral. Tudo isso está dentro de cada um, porque no UM está o mistério da igualdade de todos, não na carne.

Segue:



RITUAL DE PODARKA PARA SAGRAÇÃO DI PLAMANIS 

1 vela amarela;
1 copo de água;

Chao de Drarnego: calção de velha; gengibre doce; folhas de tomilho; casca de olmo; folhas de agrião; assa-peixe e plantago major. (Coe e tome uma xícara em jejum e antes de dormir por 3 semanas intercaladas [semana sim – semana não] nos próximos três meses ímpares, começando na lua nova). Se não puder tomar, passe-o pelo corpo no mesmo esquema lunar e semanal.

Benzimento do Chá:

Ó Tu,
Que andas como a noite sobre a poeira de vento que encharca meus pulmões de malignidade, sede me propício ao invés de me machucares e ao invés de me ser desfavorável!  Abjuro Wollo, Halitus, Alentus, Oddech, Anadl, Avattvon, Dih, Dich, Dech, Atem, Asem, Táata, Nefes, Sdif, Breautih, como sopro acurado do teu sopro.

Devolva minha saúde enquanto sai do local onde habitas, pois eu, em nome de nossa Duvêla Busnin, Mamori, Mamibaridai Rroms Ikana Sara Kali i Majarí Romli Drabarni Mamiorri a Mamiori Drabarno i Martiya, lanço sobre esse drarnego essa cura a fim de reverter as graças, artes, e achaques dos Melaio Mamioro Bengui, e enquanto inverto seus castigos, suas denominações, alcunhas, designações e deformações, também inverto seus feitos e inverto vossa vontade, vossa vida e vosso ofício, para que se torne sua vontade inferior, rebaixada, subalterna e subordinada a minha, e sendo assim vossa vontade agora passa ser a minha vontade de curar, e por isso conjuro vossos poderes agora antagonizados para que me confiras a saúde perfeita como prova da aliança que está sob o Poder de Ikana Sara!

SORTABLA; RAVIM; SIAZ; NORTAMA; RAMLO; NOMLI; LORTSI.

Augusta, Majestosa, Excelsa e Nobre Santa, regente do meu poder e do meu destino, minha Ikana Sara, tu que tens minha fé dobrada aos vossos pés e que caminhou comigo até hoje em todas as minhas odisseias, coloque minha vontade de cura sobre qualquer demanda que bate de frente comigo, ó Senhora do meu céu, do meu anjo e da minha carruagem, vós que desde o princípio recebestes de Duvel Tubalec todas as coroas e joias reais, e com elas comandou a destruição dos malefícios, humildemente voz rogo que aceite minha rogativa vontade e desejo junto desta oração, para reverter tudo que está doente no meu peito e faças virar saúde, recompondo partícula por partícula, célula por célula, tecido por tecido, sangue por sangue, converta para que tudo fique saudável.

ABINHÉIA LAS VILLAS, ANELÁ PACH!

Ó minha amada e poderosa tutora, protetora e guia de meus passos, resplandecente é sua presença, por isso abençoe o ar que eu respiro bem como tudo que entrar em mim e que tudo dentro e fora de mim tenha sempre todo espaço preenchido com bênçãos, saúde e amor.

Ó minha Senhora, impeça que eu seja destruído, aniquilado e extinto, e faça-me regenerado e construído por dentro e por fora todas as noites durante o domínio do conforto e da madorna. Lava-me com suas águas santas para que minhas águas sejam tão calmas e sadias como o Mar de Santa Maria.

Que assim seja!

Optchá! Optchá! Optchá! 

Sett Ben Qayin


Postar um comentário